Menu fechado

Como melhorar o desempenho dos alunos

melhorar o desempenho dos alunos

Melhorar o desempenho dos alunos é um dos principais objetivos da gestão pedagógica. Porém, conseguir bons resultados nem sempre é fácil. Para isso, é muito importante que toda a comunidade escolar esteja envolvida no processo. A escola é um motor que funciona bem somente se todas as engrenagens estiverem encaixadas. A imagem que sua instituição tem é o resultado de uma trabalho conjunto, portanto, só é possível melhorar o desempenho dos alunos se esse conjunto estiver em harmonia. 

Leia também: 

+ A importância da rotina na educação infantil

Quais são as dificuldades que seus alunos enfrentam hoje? A gestão está presente na rotina da sala de aula? Antes de propor soluções, é preciso encontrar os problemas, e para encontrar os problemas, é necessário dialogar com os envolvidos. Oferecer um ensino de qualidade não significa utilizar um material didático mais sofiticado. Se os professores não tiverem suporte e os alunos não sentirem que precisam estar empenhados nas aulas, sua instituição terá dificuldades para alcançar os resultados que deseja. Pensando nisso, separamos cinco estratégias para a gestão da sua escola conseguir melhorar o desempenho dos alunos.

Clube dos Diretores

1- Converse com os alunos

Manter uma comunicação aberta e constante é fundamental para qualquer tipo de negócio. Falando mais especificamente da escola, a comunicação com os alunos deve ser constante e feita em uma via de mão dupla. A gestão pedagógica deve acompanhar o desenvolvimento do planejamento escolar e ouvir o que os alunos têm a dizer.

Sem conhecer a realidade daqueles que estão dentro das salas de aula, não é possível propor medidas ou soluções coerentes. Portanto, a realização de pesquisas de satisfação são uma excelente ferramenta. Essa estratégia não somente serve como termômetro para a instituição, como também serve de espaço para coleta de sugestões.

Os questionários mostram para os alunos que sua opinião é importante e que a gestão está aberta para mudanças. Uma vez que se sentem realmente parte do processo de construção da escola,  os estudantes também se sentem mais motivados a buscarem melhores resultados e aumentarem seu engajamento durante as aulas. Vale dizer que as pesquisas podem ser realizadas no âmbito geral da escola, como também na visão específica de cada aula. Desse modo, direção e professores devem estar coordenados para formular as perguntas e aplicar as pesquisas. 

2- Entenda a realidade dos docentes

Se por um lado ouvir os alunos é importante, por outro, é fundamental conhecer a realidade dos docentes. São eles que diariamente acompanham os alunos na jornada em busca pelo conhecimento, auxiliando na superação os desafios e buscando aproveitar a troca de experiências da melhor maneira possível

Portanto, para que consigam realizar seu trabalho, os professores precisam sentir o apoio da gestão, tanto na disponibilização de recursos como também para levar suas queixas quanto a organização da rotina na escola.

Durante a elaboração do Projeto Político Pedagógico (PPP), a gestão conversou com o corpo docente, mas ela precisa acompanhá-lo ao longo do ano letivo. Ambas as partes precisam se sentir confortáveis para receber feedbacks, sejam eles positivos ou negativos. A primeira ação para melhorar o desempenho dos alunos é alinhar a comunicação dos responsáveis por fazer processo de educação acontecer.

3- Mensure resultados

A mensuração dos resultados não é feita apenas pelo acompanhamento das notas. Além, cabe a gestão pedagógica analisar os métodos e ações realizadas na escola para determinar sua eficácia. Não existe apenas um meio de aprender e nem todos aprendem da mesma forma. Por isso, é importante avaliar se as metodologias utilizadas estão de acordo com o perfil dos alunos. As pesquisas com alunos são peça chave nesse processo mas o professores também  podem fornecer uma avaliação rica nesse aspecto.

Utilize recursos como gráficos e tabelas para medir os resultados dos alunos antes e depois de realizar mudanças. Você pode aplicar testes, atividades e simulados para conseguir medir os níveis de aprendizagem. Acompanhe a melhora nos dados e aplique novas abordagens se necessário. 

4- Envolva os pais no dia-a-dia da escola

O processo de aprendizagem começa na escola mas continua em casa. Manter um bom relacionamento com pais garante sucesso na gestão como um todo. Quando mais próxima for a relação pais-escola, mais efetivas serão as ações propostas pela direção e pelos coordenadores.

A vida moderna tende a ser cada vez mais agitada, mas existe uma grande preocupação dos pais em relação à educação de seus filhos. Portanto, envolver os pais na rotina escola não significa criar mais reuniões e encontros presenciais. Eventos e festas são muito valiosos para o planejamento escolar, mas a relação pode se tornar mais próxima com pequenas ações cotidianas.

Nesse sentido, utilize os canais de comunicação da escola para enviar notícias, informações importantes, lembretes de pagamento, convites para eventos e reuniões, relatórios de desempenho dos alunos, planos de melhorias para escola, etc.

Para melhorar o desempenhos dos alunos, é preciso reforçar as bases. Por isso, durante a comunicação com os pais, tente sempre reforçar a importância da família na escola. E, ao realizar eventos, mostre que a presença de cada um realmente é preciosa. Os pais e responsáveis também podem ser envolvidos no planejamento das festas, torneios, campanhas sociais e eventos científicos.

5- Explore os recursos da escola de maneira eficiente

Uma gestão escolar eficiente sabe usar os recursos de sua instituição de maneira eficiente. Nesse sentido, explorar o uso da tecnologia é uma ótima estratégia. A era digital torna os processos burocráticos cada vez mais práticos e oferece um aproveitamento maior do tempo. Se sua escola ainda não adotou um diário de classe online, ou um boletim digital, e também não utiliza o ensino a distância como atividade complementar, talvez seja o momento para se aprender um pouco mais sobre a Educação 4.0.

Na prática, a digitalização de alguns processo pedagógicos garante maior transparência para a gestão e maior agilidade para acompanhamento de resultados. Pais e alunos podem levar a escola para dentro de suas casa, consultando os resultados do semestre sem precisar esperar pela reunião de pais, por exemplo. 

Além disso, incentivar o uso consciente da tecnologia permite que a construção do saber seja feita de modo mais ativo pelos alunos. Ao assumirem a posição de protagonistas de seus  processos de aprendizagem, eles são motivados a melhorar o desempenho e explorar as áreas do conhecimento que mais gostam. De modo indireto, um hobby pode se tornar uma grande ideia e até mesmo ser usado de modo mais profissional.

E-book educação do futuro

Publicado em:Ambiente Escolar
Post relacionado
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *