Veja trava-línguas fáceis e difíceis para os pequenos

Receba dicas e conteúdos exclusivos para a educação do seu filho.

Quem nunca ouviu e falou o famoso “o rato roeu a roupa do rei de roma”? Desde cedo, brincamos com estes trava-línguas, mas a questão que surgiu recentemente é: será que eles ajudam a desenvolver a fala? Apesar de parecer só uma brincadeira desafiadora, o trava-língua infantil é um ótimo recurso para estimular o desenvolvimento das áreas relacionadas à linguagem.


Veja também:

|+ Como conseguir bolsas de estudos em escolas?  

O trava-língua infantil ajuda a desenvolver a fala?

A resposta para essa pergunta é sim! O trava-língua é um tipo de jogo em que a pessoa desafiada deve recitar versos ou frases com sílabas difíceis, sem gaguejar ou trocar as letras, com rapidez e bom entendimento. Para uma criança fazer isso leva tempo e prática, mas a brincadeira é complicada até para os mais velhos.


O trava-língua infantil contribui para o desenvolvimento das crianças, especialmente da fala. Além de exercitar a musculatura, também ajuda a aumentar o vocabulário, por ser feito com palavras que não fazem parte do cotidiano. O desafio ensina novos termos, o que torna os diálogos mais ricos, assim como o entendimento do significado de palavras aleatórias. 

Dicas de como usar o trava-língua infantil 

trava-língua infantil

Embora o trava-língua seja muito benéfico, é preciso tomar alguns cuidados na hora de estimular os pequenos com esse método. O ideal é começar o incentivo a partir dos dois anos de idade, pois é o momento em que eles começam a aprender os fonemas. Dentre as principais dicas para colocar isso em prática, estão: 


  • Acompanhe o desenvolvimento da criança: considere sempre a idade da criança para selecionar a complexidade dos trava-línguas. Para tudo, há o tempo apropriado, então comece devagar. Conforme a brincadeira se torne um hábito, será possível evoluir em velocidade e grau de dificuldade;

  • Não exponha a criança ao constrangimento: os pequenos com gagueira ou problemas relacionados à linguagem podem ser mais receosos, reclusos e ficar com vergonha ao recitar um trava-língua. Em razão disso, é importante sempre respeitar os limites da criança. 


Além disso, você pode apostar nos trava-línguas pequenos de início. Assim, aos poucos as crianças vão se acostumando e se desenvolvendo até conseguirem falar os trava-línguas mais difíceis e grandes. 

Hora da prática: exemplos de trava-línguas por níveis 

Separamos alguns trava-línguas para você fazer com seu filho(a). Vale ressaltar que separamos em 3 níveis: os fáceis, com trava-línguas pequenos, os médios, com frases um pouco maiores e os difíceis com frases grandes e mais complexas. Confira!

1) Trava-línguas fáceis para crianças

  • “O rato roeu a roupa do rei de Roma”;

  • “Sabia que o sabiá sabia assobiar?”;

  • “O tempo perguntou pro tempo quanto tempo o tempo tem”;

  • “Atrás da porta torta tem uma porca”;

  • “A abelha abelhuda abelhudou as abelhas”;

  • “Fala, arara loura. A arara loura falará”;

  • “Dorme o gato, corre o rato e foge o pato”;

  • “O pelo do peito do pé do Pedro é preto”.

2) Trava-línguas nível médio para crianças

  • “O sabiá sabia que o sábio não sabia que o sabiá não sabia assobiar”;

  • “O tecido é tecido pelo tecelão com sete sedas de Sião. Pura sorte tem sido a seda ser tecida no tecelão”;

  • “Sem deixar rastros, um rato rápido raptou três ratos em ato muito rápido”;

  • “Embaixo da pia tem um pinto que pia, quanto mais a pia pinga mais o pinto pia”.

3) Trava-línguas difíceis para crianças

  • “O peito do pé de Pedro é preto. Quem prega que o peito do pé de Pedro não é preto, tem o peito do pé mais preto do que o peito do pé de Pedro”;

  • “Saberemos que somos sabedores, sabidos ou sábios sabendo o que sabemos. O que sei, o que não sabes e o que sabes, simplesmente, são as sabedorias”;

  • “Eu tagarelarei, tu tagarelarás, ele tagarelará, nós tagarelaremos, vós tagarelareis e eles tagarelarão”;

  • “No ninho da mãe mafagafa há sete mafagafinhos. Os sete mafagafinhos gafam quando a mafagafa gafa. Quem desmafagafizar o ninho, será um bom desmafagafizador”;

  • “A Cuca cutuca o caqui, o Cuco cutuca a Cuca, a Cuca cutuca o Saci”;

  • “A pia pinga, o pinto pia. Quanto mais a pia pinga mais o pinto pia”;

  • “Sabendo o que sei e sabendo o que sabes e o que não sabes e o que não sabemos, ambos saberemos se somos sábios, sabidos ou simplesmente saberemos se somos sabedores”.

Leia também:

+ Leitura para crianças: veja os benefícios e saiba como incentivar o hábito de ler  

Pratique com a criançada!

Para deixar o momento mais descontraído e até mais confortável para o pequeno, aproveite para se desafiar com ele. Repitam juntos ou separadamente, em velocidades alternadas. Explique também à criança que ela pode brincar individualmente ou em uma roda com quantos amiguinhos quiser. Tenha paciência, anote as dicas e tente na prática.