Conheça os diferentes tipos de escolas no Brasil

Receba dicas e conteúdos exclusivos para a educação do seu filho.

Obrigado por se cadastrar. Em breve você receberá nossos conteúdos no seu e-mail!

Ops! Algo deu errado. Por favor, confira seus dados e tente novamente.

Caracteriza-se por escola o lugar onde o processo de ensino-aprendizagem acontece. Normalmente, o ambiente escolar é composto por salas de aula, refeitório ou cantina, sala dos professores, auditórios e área de lazer. Mas você sabia que existem diferentes tipos de escola?


Muitas pessoas acham que, o tipo de escola é determinado pelo método de ensino aplicado, mas, na verdade, este não é o único fator que diferencia uma instituição da outra. 


+ Construtivismo: confira a história e os conceitos desse método


No post de hoje você vai descobrir as diferentes escolas que existem no Brasil e as linhas pedagógicas mais utilizados por elas. Leia abaixo para saber mais. 


Quais são os tipos de escola no Brasil?

Atualmente, existem mais de 180 mil instituições de ensino no Brasil, desde creches até o Ensino Médio. Escola grande, pequena ou média, pública ou particular, religiosas ou não - a diversidade é enorme.


Geralmente, as escolas são classificadas com base nos seguintes pilares: dependência administrativa, ou seja, em qual rede ela se encontra; localização; nível de ensino e metodologia. 


Tipos de escola por dependência administrativa

Nesta categoria, as instituições de ensino são divididas entre rede pública e privada. Entenda abaixo a diferença entre as duas redes:


Rede pública de ensino

As escolas de rede pública, como o próprio nome sugere, são oferecidas pelo governo, de maneira gratuita e universal. Como o Brasil é uma federação, composta por diferentes unidades federativas (uniões, estados, municípios e Distrito Federal) cada “camada” é responsável por diferentes serviços públicos. Na educação, funciona da seguinte forma:


  • Escola municipal: é administrada pelo município. Cada cidade é responsável por fornecer a educação desde o Ensino Infantil (creches e pré-escolas) até o Ensino Fundamental Anos Finais. Ou seja, dos 0 aos 17 anos.

  • Escola estadual: recebe financiamento e investimento dos estados brasileiros. Normalmente, o nível estadual engloba o Ensino Fundamental I e II, o Ensino Médio e algumas Escolas Técnicas.

  • Escola federal: é de responsabilidade do Governo Federal. Nesta categoria, entram apenas as instituições que oferecem o Ensino Médio e o Ensino Técnico Profissional.


Rede privada de ensino

Apesar de seguir as leis e diretrizes propostas pelo Ministério da Educação (MEC), as escolas particulares não recebem auxílio do governo. Sendo assim, os custos com professores e infraestrutura são mantidos por pessoas físicas ou jurídicas, em uma combinação de recursos próprios e mensalidades pagas pelos alunos. 

Existem três tipos de escolas privadas. Veja a seguir:


  • Comunitária
    As escolas comunitárias ou cooperativas, são administradas por um grupo de pais ou de empresas, em que todas as despesas são divididas entre as famílias dos alunos.

  • Confessional
    A escola confessional, conhecida também como escolas religiosas, são instituições vinculadas ou pertencentes à igrejas. O seu currículo, filosofia e ideologia são baseados em uma determinada religião.

  • Filantrópica
    A escola filantrópica é aquela que presta serviços de educação e assistência social. Diferente do que muitos pensam, esse tipo de escola não é mantido pelo Estado, mas sim por pessoas jurídicas que oferecem prestam serviços para a sociedade sem a finalidade de obter lucro.



|
+ Escola pública ou particular? Entenda a diferença ente os dois sistemas de ensino

Tipos de escola por localização

Além da rede de ensino, a escola também é classificada conforme o local onde se encontra. De acordo com o MEC, a instituição de ensino pode se enquadrar em quatro categorias diferentes de localização, sendo: urbana, rural, território indígena, território quilombola, e assentamento. 


Nível de ensino

A educação é um direito concedido a todos os brasileiros, sendo obrigatória dos 4 aos 17 anos de idade. O sistema educacional brasileiro é dividido entre dois macrociclos: o Ensino Básico e o Ensino Superior. O primeiro, que é o que está em questão neste post, é composto por quatro etapas, cada uma voltada para uma faixa etária específica. Confira:


  • Ensino Infantil (creches e pré-escolar): dedicado para crianças de 0 a 5 anos de idade; 

  • Ensino Fundamental Anos Iniciais (1º ao 5º ano): conhecido também como Fundamental I, este ciclo escolar engloba as crianças dos 6 aos 10 anos de idade;

  • Ensino Fundamental Anos Finais (6º ao 9º ano): voltado para os estudantes dos 11 aos 14 anos de idade. Era o antigo Fundamental II;

  • Ensino Médio (1º ao 3º ano): dedicado para os adolescentes dos 15 aos 17 anos de idade.


Algumas instituições possuem todas etapas de ensino, mas isso não é uma regra geral. Outros tipos de escola são focadas apenas em um ciclo específico, que é o caso de grande parte das instituições que oferecem o Ensino Infantil.  


Quais são os tipos de método de ensino?

Existem diversos métodos de ensino, porém, os mais conhecidos no Brasil são: construtivismo, montessori, waldorf, pikler e tradicional. 


Entender o tipo de pedagogia escolar utilizado pela instituição de ensino influencia não só no modo como a criança recebe o aprendizado e se desenvolve como estudante, mas também na sua forma de ver o mundo e se relacionar com as pessoas.  


Por isso é tão importante saber qual o método de ensino aplicado na escola e analisar se ele vai de encontro com o que você acredita ser importante para a sua criança. 


Agora que você já conhece os diferentes tipos de escola do Brasil, entenda um pouco melhor sobre cada metodologia utilizada, clicando aqui.