Veja como funciona a escola com pedagogia Waldorf

A escola com pedagogia Waldorf prioriza a formação do ser humano trabalhando a sua autonomia e coordenação motora, além dos conteúdos


Receba dicas e conteúdos exclusivos para a educação do seu filho.

Obrigado por se cadastrar. Em breve você receberá nossos conteúdos no seu e-mail!

Ops! Algo deu errado. Por favor, confira seus dados e tente novamente.

A metodologia de ensino Waldorf completou 100 anos em 2019, já que em setembro de 1919 o filósofo Rudolf Steiner fundou a primeira escola do tipo na Alemanha.


+ FAQ Melhor Escola
+ Qual é a importância do reforço escolar?


Uma escola Waldorf funciona com uma concepção distinta da tradicional, pois o seu foco é uma “educação para a liberdade”. Por isso,  a formação do aluno é mais autônoma e o seu foco é formar seres humanos.


Para entendermos o porquê a metodologia traz tais preceitos, temos que localizar o seu surgimento na história. Como foi dito, Rudolf Steiner abriu a primeira escola com pedagogia Waldorf em 1919, logo após o fim da 1º Guerra Mundial. Nesse contexto, o filósofo pensou em uma escola que fosse capaz de ensinar mais do que o conhecimento técnico e científico, sendo um espaço com enfoque também em formar seres humanos.


Em relação ao ensino tradicional, uma das principais diferenças é a autonomia do aluno no processo de aprendizado. Com exceção do Ensino Médio, os professores não usam livros didáticos nem cadernos, pois os estudantes possuem um caderno com anotações das atividades realizadas durante as aulas. 


É importante destacar que as escolas que seguem o método Waldorf aplicam os conteúdos indicados pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC), tendo aulas de Matemática, Língua Portuguesa, Geografia e História. Só que a forma e a intensidade são diferentes da escola tradicional.


Como surgiu a primeira escola Waldorf?

O filósofo austríaco Rudolf Steiner (1861-1925), aplicou a metodologia pela primeira vez em 1919, na cidade de Stuttgart, Alemanha, para filhos de operários da fábrica de cigarros Waldorf-Astoria, daí o nome do método.


Em um contexto histórico posterior a Primeira Guerra Mundial, no qual a Alemanha passava por sérios problemas sociais e econômicos, surgiram esforços para que se encontrasse novos meios e novas orientações para o futuro do país.


Nessa conjuntura, o filósofo Steiner desenvolveu uma metodologia com novas perspectivas sobre a autogestão do ser humano, de modo que a autonomia do indivíduo deve ser respeitada para ser melhor desenvolvida.


No começo de 1919, Steiner organizou uma série de palestras para os operários da fábrica, que logo requisitaram uma formação adequada para os próprios filhos.


Então, o diretor da fábrica, Emil Molt, pediu ao filósofo que ele organizasse uma escola para os filhos desses operários. Steiner fez uma série de estudos e consultas a profissionais de outras áreas, como pedagogia, para desenvolver a própria proposta pedagógica, que começou a funcionar em setembro de 1919, com 256 alunos e 12 professores.


Como funciona a escola Waldorf?

As escolas que utilizam o pedagogia Waldorf aplicam tanto as disciplinas do currículo nacional, previsto pela BNCC, como outras matérias, que enfocam a coordenação motora, a inteligência emocional e as diferentes habilidades dos alunos. Uma característica marcante desse método é que um único professor tende a acompanhar a turma durante todo o ciclo de ensino, ou até dois, em alguns casos. 


Por isso, a formação do docente também é específica. No Brasil, existe uma faculdade Waldorf de pedagogia, além de cursos de extensão e de pós-graduação na área.


Além disso, enquanto as escolas tendem cada vez mais a usar computadores, tablets, celulares e outros recursos tecnológicos em sala de aula, a pedagogia Waldorf contempla o desenvolvimento físico, emocional e intelectual dos alunos. Por isso, este método dá muito valor ao contato com à natureza e ao trabalho manual, incentivando atividades como crochês, danças, música e teatro.

 

No jardim de infância, as brincadeiras criativas são as mais incentivadas, por isso, há contação de histórias, teatro de marionetes, cantos, atividades de movimentos do corpo, jogos, pinturas e modelagens. 

 

O Ensino Fundamental possui, no currículo padrão da pedagogia Waldorf, aulas de costura, tecelagem e trabalhos em madeira. Já no Ensino Médio, o aluno é incentivado a desenvolver o seu potencial como artista, atleta ou membro da comunidade.

 

Quantas escolas Waldorf existem no Brasil e no mundo?

Em 1955 foi inaugurada a primeira escola Waldorf no Brasil, na cidade de São paulo. Atualmente, segundo a Federação das Escolas Waldorf no Brasil, existem mais de 70 escolas e jardins de infância que adotam o método no país, chegando a cerca de 10 mil alunos.


No mundo, estima-se a existência de mais de 750 escolas que adotam o método Waldorf, sendo um dos métodos independentes - não ligado a políticas públicas oficiais - mais disseminados. 


Veja também
+ Literatura infantil: a importância de um mundo leitor inclusivo para as crianças
+ Curso Técnico junto com o Ensino Médio: veja como funciona