Projeto Político Pedagógico (PPP): descubra o que é e a sua importância

O Projeto Político Pedagógico (PPP) de  uma escola é o documento que norteia as ações do colégio ao longo do ano letivo. Assim, o projeto pedagógico funciona como um guia para a instituição de ensino crescer e melhorar. 


Para que isso seja possível, a sua elaboração deve envolver toda a comunidade escolar: a direção, os professores, os alunos, os pais e também a comunidade externa em que a escola está inserida.


O que é o Projeto Político Pedagógico?

Para entendermos melhor como o documento funciona, vamos analisá-lo por partes:

  1. Projeto: plano de ações concretas que serão realizadas em um tempo determinado;

  2. Político: de acordo com a Lei de Diretrizes e Bases (LDB), cabe ao colégio formar cidadãos críticos e conscientes, que serão  protagonistas da própria vida e atuarão também de modo coletivo;

  3. Pedagógico: refere-se às atividades escolares dos processos de ensino e aprendizado.


Desse modo, pode-se perceber a relevância do PPP, que organiza e sistematiza os objetivos da escola de acordo com a realidade dela e de sua comunidade escolar. Além disso, o projeto pedagógico é que define quando e como os conteúdos serão ensinados. 

+ Você sabe o que é a Base Nacional Comum Curricular (BNCC)?


Qual é a importância do Projeto Político Pedagógico?

O PPP de uma escola deve ser atualizado todo ano, com dados diversos sobre matrícula, inadimplência no caso das escolas particulares , além de objetivos e metas a serem alcançados ao final do ano letivo.


Por isso ele é importante, pois o PPP é, ao mesmo tempo, uma espécie de raio-x da escola, já que contém diversas informações sobre ela, e um plano de ações concretas que devem ser feitas com o intuito de aprimorar o processo de ensino e de aprendizado dentro do ambiente escolar.



Quem deve participar da elaboração do PPP?

O processo de construção do Projeto Político Pedagógico pode ser feito de vários modos. Em geral, ele é conduzido pela direção da escola. Um plano bem elaborado dá voz aos membros da comunidade escolar: familiares, professores, alunos e funcionários. 


O PPP também pode ser feito a partir do Conselho Escolar no caso das escolas públicas , já que este contém membros de diferentes segmentos da comunidade escolar. 


É recomendado que todo o processo de elaboração do plano seja democrático, no entanto, é aconselhado que, ao final, o texto seja redigido por um grupo de especialistas da área de educação para dar coerência e qualidade às propostas.



O que o Projeto Político Pedagógico deve conter

Em geral, o projeto pedagógico deve conter informações básicas para a identificação da escola, como a missão, as características dos clientes se for o caso , o aprendizado dos alunos, os professores que integram o quadro de funcionários do colégio, a composição dos conselhos e as ações que serão tomadas ao longo do ano letivo.


Além destas informações, o PPP também precisa indicar qual será o modo de avaliação dos alunos, quais serão os projetos executados, os temas de debates das aulas ou os temas desenvolvidos em sala pelos professores. 


Algumas informações complementares e mais detalhadas também devem constar no Projeto Político Pedagógico, como o método de ensino, os autores basilares do processo de ensino utilizado pelo colégio, o modelo pedagógico e o modo como este será implementado na sala de aula. Em geral, o projeto pedagógico orienta as etapas que serão seguidas ano a ano. 


É importante destacar que o PPP deve também ser flexível, isto é, adaptar-se, quando necessário, para satisfazer as necessidades da comunidade escolar. 


Em resumo, estas são as informações que o PPP deve conter:


  • Missão da escola;

  • Projeto pedagógico;

  • Currículo escolar

  • Forma de avaliação

  • Composição do corpo docente e administrativo;

  • Composição do conselho de pais e mestres (se houver) ;

  • Contexto da instituição;

  • Métodos de ensino;

  • Modelo pedagógico da escola;

  • Planos de ação específicos.


Como solicitar o Projeto Político Pedagógico

Famílias diferentes possuem objetivos, valores e perspectivas variadas. Por isso, uma mesma escola não satisfaz do mesmo modo as necessidades destas famílias. E para saber se o colégio está alinhado com as expectativas dos responsáveis, deve-se pedir o PPP da instituição de ensino.

+ E-book: Guia para encontrar a escola ideal para os eu filho

O documento pode ser solicitado à direção ou à secretaria da escola. Sob nenhuma hipótese o acesso a ele pode ser negado. A visita ao colégio permite os familiares conhecerem as instalações e parte dos funcionários. 


Já a dimensão pedagógica só pode ser compreendida, de fato, pelo PPP, já que por meio dele será possível saber quais são os objetivos da escola, os autores basilares da sua metodologia de ensino, as atividades que serão desenvolvidas, entre outras características.


A importância dos pais participarem da elaboração do PPP

É comum os pais desejarem uma escola de qualidade para os seus filhos. Nem que para isso seja necessário fazer uma queixa na diretoria ou mesmo reclamar no portão sobre os professores ou as instalações.

Só que este hábito não resolve os problemas. Neste caso, é mais interessante participar da elaboração do PPP, já que as sugestões poderão se tornar ações concretas. Basta pedir à secretaria o Projeto Político Pedagógico do colégio para conhecê-lo. Só que além de conhecer o documento, o recomendado é que os responsáveis pelo aluno participem do processo de elaboração do plano pedagógico.


Receba dicas e conteúdos exclusivos para a educação do seu filho.

Obrigado por se cadastrar. Em breve você receberá nossos conteúdos no seu e-mail!

Ops! Algo deu errado. Por favor, confira seus dados e tente novamente.
Nesse contexto, um dos principais desafios das instituições de ensino é convencer os familiares a participar do processo de elaboração do PPP. Um dos modos da escola envolver os pais neste processo é realizando eventos para informá-los sobre a importância do plano pedagógico, além de explicar que, se cumprido e se construído de modo participativo, o documento pode alterar para melhor a realidade do colégio e, consequentemente, melhorar também o aprendizado dos alunos.


Em geral, a falta de tempo, ou mesmo de hábito, faz com que os responsáveis não estejam presentes no cotidiano escolar. Essa ausência acaba tendo duas consequências: primeiro, não incentiva os próprios estudantes a participarem da gestão escolar; segundo, compromete a qualidade do PPP, já que a participação da comunidade acadêmica é importante para que ele tenha êxito.


Desse modo, vale o empenho e a criatividade da direção da escola para chamar os pais para elaborar o documento. Os professores podem mobilizar os alunos que, por sua vez, podem mobilizar os seus responsáveis para auxiliar na formação do PPP.