Saiba como fazer a matrícula escolar sem erros

Receba dicas e conteúdos exclusivos para a educação do seu filho.

Obrigado por se cadastrar. Em breve você receberá nossos conteúdos no seu e-mail!

Ops! Algo deu errado. Por favor, confira seus dados e tente novamente.

O começo de ano é época de matrícula escolar. Neste período, também são comuns as dúvidas das famílias sobre como fazer a matrícula escolar, ainda mais se houver mudança de escola e falta de vaga, por exemplo. No ano de 2021, devido à pandemia do novo coronavírus, alguns estados abriram a possibilidade de fazer matrícula escolar online, o que também gerou dúvidas entre os pais.

+ Retorno das aulas em 2021: entenda como será a volta em cada estado


Então, o Melhor Escola fez uma lista do que você precisa saber para fazer a matrícula escolar sem dúvidas e sem erros. Confira!


  1. Quem pode realizar a matrícula escolar da criança?

    Os pais ou os responsáveis pela criança é que estão aptos a realizar a matrícula dela em uma instituição de ensino, seja ela pública ou privada. Caso o aluno seja maior de idade, ele próprio pode realizar a matrícula, mas esta situação se aplica ao Ensino Superior e, às vezes, ao Ensino Técnico e Médio.

  2. Quais documentos são necessários para efetuar a matrícula escolar?
    • Foto 3x4 do aluno;

    • Carteira de vacinação do aluno;

    • Comprovante de residência;

    • Certidão de nascimento;

    • Cópia do RG do aluno e dos responsáveis.


      No caso das crianças que vão iniciar o primeiro ciclo da educação básica, também é necessário apresentar a certidão de nascimento. Já os adolescentes que irão efetuar matrícula no Ensino Médio, também devem entregar o Histórico Escolar e o histórico de conclusão do Ensino Fundamental.


      É importante saber que os documentos exigidos podem variar de acordo com a instituição de ensino, o município ou o estado. Por isso, caso tenha dúvidas, entre em contato com a escola para verificar quais documentos são exigidos e se há necessidade de apresentar os originais, e não apenas cópias.

  3. Se a criança já está na escola, preciso fazer a rematrícula? O processo de rematrícula é obrigatório para que o estudante continue matriculado no mesmo colégio. Realizar a rematrícula é mais simples do que fazer a matrícula, pois não é necessário apresentar qualquer documento, já que os responsáveis precisam apenas assinar um termo certificando que a criança ou adolescente continuará na escola.
  4. Existe diferença na matrícula escolar de uma escola pública para uma escola privada?
    Não. Os trâmites e os documentos exigidos costumam ser os mesmos, mas é importante saber que algumas escolas particulares exigem que o estudante faça uma prova de desempenho para poder ser admitido ou não no colégio.
  5. Alguns alunos têm preferência para efetuar a matrícula?

    Infelizmente, ainda faltam vagas na educação básica em alguns estados e municípios do país. Por esse motivo, as instituições de ensino públicas costumam estabelecer alguns critérios para definir quais alunos têm preferência no momento da matrícula. 

    A distância entre a residência do aluno e a escola é um dos critérios, quanto mais próximo o estudante morar, maior será a preferência dele. Outro fator que influencia é ter ou não irmãos matriculados no colégio, pois as instituições de ensino dão preferência a famílias que já tenham alguma criança matriculada com o intuito de facilitar o deslocamento dos responsáveis.
    A idade também é levada em consideração na hora de realizar a matrícula. Quanto mais novo for o aluno, maior será a preferência dele em relação aos mais velhos. 

  6. Não há vaga nem na escola municipal nem na estadual, o que fazer?

    A Educação pública, universal e gratuita é um direito previsto na Constituição de 1988. Apesar disso, nem sempre este direito é efetivado para as famílias. Caso a escola mais próxima da sua casa não tenha vagas, procure colégios públicos nos bairros ao redor, mas se o problema não for solucionado, entre em contato com a Secretaria Municipal ou Estadual de Educação. Se ainda assim não for encontrada uma vaga para o aluno, procure também o Ministério Público ou a Procuradoria do seu estado.

    Outra opção é matricular o estudante em uma escola particular. Neste caso, é interessante garantir uma bolsa de estudo. O Melhor Escola, plataforma especializada em educação básica, oferece bolsas com desconto de até 80% no valor da mensalidade! Além de diversas informações sobre a escola e a avaliação de pais, alunos, ex-alunos e professores.


    Matrícula escolar online

    Em 2020, alguns estados, como São Paulo, já tinham disponibilizado a pré-matrícula online, em que os responsáveis podiam escolher a escola para requisitar uma vaga. Só que os documentos tinham que ser entregues presencialmente na escola.


    Já em 2021, devido a pandemia ocasionada pela Covid-19, a grande maioria dos estados digitalizou todo o processo de matrícula escolar. Desse modo, além da escolha do colégio, os documentos também podem ser digitalizados para serem enviados. Assim, não há necessidade de comparecer à instituição de ensino para efetuar a matrícula escolar.


    Como fazer a matrícula escolar online em escolas estaduais em São Paulo?

    As inscrições para matrícula escolar na rede pública de ensino do estado de São Paulo começam dia 19 de janeiro. Primeiro, deve ser realizada a pré-matrícula, acessando o site da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo (SEDUC). Nessa etapa, é necessário preencher os campos com as informações solicitadas. Por meio deste mesmo site deve ser feito o upload dos documentos exigidos.


    É importante saber que as informações serão verificadas pela própria escola e que, havendo vaga, a instituição de ensino formalizará a matrícula. O mesmo e-mail registrado no sistema poderá ser usado para acompanhar a situação da matrícula solicitada. Caso tenha dúvidas, entre em contato com a SEDUC pelo mesmo site que foi utilizado para efetuar a pré-matrícula.


    Como realizar a matrícula online em escolas estaduais no Rio de Janeiro?

    No estado do Rio de Janeiro, a matrícula escolar online pode ser realizada por meio do site Matrícula Fácil 2021. As inscrições para o ano letivo de 2021 começaram em 4 de dezembro e se encerraram em 22 de dezembro de 2020. No dia 25 de janeiro de 2021 será aberto um processo para aqueles que perderam o primeiro prazo de inscrição ou que não foram alocados em alguma vaga. 


    O processo pode ser acompanhado pelo mesmo endereço eletrônico, basta ter o número de protocolo fornecido pelo site.



    Leia também:
    + Escola púbica ou particular? Entenda a diferença entre os dois sistemas de ensino + Como escolher uma escola de Educação Infantil + Saiba como escolher uma escola de Ensino Fundamental para sua criança