Ensino médio não seriado: tudo o que você precisa saber

Veja as principais diferenças entre ensino seriado e não seriado, como funcionam os cursos supletivos e quem tem direito a fazer a modalidade no Brasil.


Receba dicas e conteúdos exclusivos para a educação do seu filho.

Obrigado por se cadastrar. Em breve você receberá nossos conteúdos no seu e-mail!

Ops! Algo deu errado. Por favor, confira seus dados e tente novamente.

A educação básica brasileira é composta por três etapas: o ensino infantil, o ensino fundamental (anos iniciais e finais) e o ensino médio. Cada uma delas possui anos escolares - também conhecidos como séries escolares - organizados de maneira sequencial. Entretanto, há um modelo que não segue a mesma dinâmica, chamado ensino médio não seriado e é sobre ele que iremos falar hoje.

+ Curso Técnico junto com o Ensino Médio: veja como funciona + Especialista explica as vantagens da Base Nacional Comum Curricular (BNCC)


O que é ensino seriado?

O ensino clássico que conhecemos é aquele com séries realizadas em diferentes anos, uma após a outra. Dessa forma, o conhecimento e o currículo escolar são organizados e transferidos aos alunos de maneira distribuída, respeitando a idade e limitações de cada faixa etária. Seguindo a lógica, o ensino infantil é composto por cinco anos, o fundamental por nove e o ensino médio seriado, geralmente leva três anos para ser completado.


O que significa ensino médio não seriado?

Como o próprio nome sugere, no ensino médio não seriado, o conteúdo não é dividido em diferentes anos letivos, e sim em cursos mais rápidos e intensos. Um exemplo disso são os cursos supletivos, conhecidos agora como Educação de Jovens e Adultos (EJA). 


A modalidade educacional do EJA foi criada com o intuito de facilitar o acesso das pessoas que não concluíram o ensino fundamental e médio na idade adequada. De acordo com os últimos dados do Censo Escolar, divulgado pelo Inep em 2019, existem mais 3,2 milhões de brasileiros matriculados na Educação para Jovens e Adultos.


Além do cursos supletivo, os alunos podem conseguir uma certificação de escolaridade através do Exame Nacional para Certificação de Competência de Jovens e Adultos (Encceja) ou do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).  + 5 simulados gratuitos para estudar para o Encceja


Leis que regulamentam a Educação deJovens e Adultos (EJA)

A Lei 9.494, estabelecida em 1996 na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, regulamenta a EJA e o reconhece como uma ferramenta essencial para promover a inclusão e o acesso à educação de maneira democrática. 


Visto isso, o certificado do curso supletivo possui a mesma validade do que os colégios de ensino seriado. Entretanto, é importante verificar se a instituição que está oferecendo a modalidade EJA é credenciada e reconhecida pelo MEC. Você pode verificar as escolas credenciadas através do portal e-MEC, por região e nome.

Quem pode cursar o ensino não seriado?

O ensino não seriado é indicado apenas para aqueles que, por diferentes motivos, não conseguiram concluir seus estudos na idade recomendada, ou seja, pessoas que estão em idade escolar e querem apenas acelerar os seus estudos não podem cursar a EJA.

Segundo o Ministério da Educação, a idade mínima para poder cursar o supletivo fundamental II ou anos finais é de 15 anos. Já para a EJA do Ensino Médio, a idade mínima é de 18 anos. 


Qual o tempo de duração do ensino supletivo?

Esta é uma dúvida bem frequente entre as pessoas que estão interessadas em fazer o supletivo. Um dos principais atrativos da EJA é a possibilidade de finalizar os anos escolares mais rapidamente. 


As recomendações do MEC são de seis meses para cada série escolar, tanto para os supletivos realizados presencialmente ou a distância. Na tabela abaixo você pode conferir o tempo de duração recomendado para cada modalidade do EJA.

 

Modalidade EJA

Anos escolares

Duração

Idade Mínima


Ensino Fundamental (Anos Finais)


6º, 7º, 8º e 9º

Mínimo de 6 meses por ano escolar.. Duração total de 24 meses para completar o EJA - Fundamental Anos Finais


15 anos


Ensino Médio 


1ª, 2º e 3º

Mínimo de 6 meses por ano escolar. Duração total de 18 meses para completar o EJA - Ensino Médio.


18 anos

 


Diferença entre ensino seriado e não seriado

A principal diferença entre o ensino seriado e não seriado é a duração de cada modalidade. Como dito anteriormente, o conteúdo do ensino seriado é distribuído em diferentes anos escolares, respeitando as habilidades de cada faixa etária e com duração de nove anos no ensino fundamental e três anos no ensino médio.

Já no ensino não seriado, o material de um ano é concentrado em meses, sendo passado de maneira mais consolidada e rápida. Dito isso, estima-se que os alunos que frequentam a primeira categoria possuem uma formação mais sólida e rica.



Gostou de saber as diferenças entre ensino seriado e não seriado? Fique por dentro dos nosso artigos e confira diversas novidades sobre o mundo da educação!



Veja também:
+ Como conseguir bolsas de estudo para ensino infantil, fundamental e médio?