Educação básica vai até que série?

Receba dicas e conteúdos exclusivos para a educação do seu filho.

Obrigado por se cadastrar. Em breve você receberá nossos conteúdos no seu e-mail!

Ops! Algo deu errado. Por favor, confira seus dados e tente novamente.

A educação básica é formada pela educação infantil, pelo ensino fundamental e pelo ensino médio. Essas etapas englobam, aproximadamente, estudantes de 4 a 17 anos. 

|+ Faça parte de uma comunidade exclusiva para mães comprometidas com a educação dos filhos.

Com isso, percebemos que as séries do ensino básico acompanham mudanças importantes na vida dos alunos. Ela passa pela infância, pelas descobertas da adolescência até a preparação para a vida adulta.

Nesse sentido, as escolas precisam estar atentas para oferecer metodologias e projetos capazes de atender às necessidades de diferentes faixas etárias. Além disso, as instituições devem trabalhar em parceria com as famílias para tornar o processo de aprendizagem mais eficaz.

Qual é a importância da educação básica?

A educação básica tem papel fundamental na formação dos indivíduos. Isso porque é a partir dessa etapa que os alunos têm acesso a aprendizados e conhecimentos que serão primordiais para diferentes fases da vida. 

Em um país como o Brasil, a educação básica contribui para o desenvolvimento social e aumenta as oportunidades de crescimento econômico. Em linhas gerais, podemos afirmar que ela é capaz de transformar o destino das pessoas em aspectos intelectuais, emocionais e éticos.

Conheça todas as séries da educação básica

  • Ensino infantil

A primeira etapa da educação básica é o ensino infantil, que atende a crianças de zero a cinco anos de idade. Durante essa fase, os pequenos saem do ambiente doméstico e passam a ter o primeiro contato com a escola. 

De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), a educação infantil é obrigatória para crianças a partir dos 4 anos. Antes disso, é facultativo aos pais matricular os filhos em instituições de pré-escola e creches.

Vale destacar que, mesmo não sendo obrigatória antes dos 4 anos, a educação infantil ajuda os alunos a desenvolverem aspectos cognitivos, físicos, motores, emocionais, culturais e sociais. 

As atividades pedagógicas englobam brincadeiras e conteúdo lúdico que estimulam a imaginação e a curiosidade dos pequenos. Nesse sentido, eles aprendem de forma mais significativa e ganham maturidade para os próximos anos da educação básica. 

  • Ensino Fundamental 

O ensino fundamental é a segunda etapa da educação básica. Voltado para crianças a partir dos seis anos, ele vai do 1º ao 9ª ano. Nessa fase, os estudantes têm acesso mais amplo a atividades de leitura, escrita e cálculos matemáticos. Além disso, o conteúdo pedagógico amplia o conhecimento dos alunos sobre ciências da natureza, história, geografia etc. 

No Brasil, o ensino fundamental é dividido em duas etapas distintas: os anos iniciais (do 1º ao 5º ano) e nos finais (do 6º ao 9º ano). Podendo ser chamados, respectivamente, de Fundamental I e Fundamental II.

Os anos iniciais marcam um período de transição da criança, que deixa a educação infantil e passa a desenvolver novas habilidades sociais, cognitivas e motoras. É nesse momento que ocorre a alfabetização.

Já os anos finais do ensino fundamental preparam os alunos para as vivências do ensino médio. Além de oferecer um conteúdo mais amplo, as escolas também trabalham nas crianças aspectos éticos e de responsabilidade. 

  • Ensino Médio

Com três anos de duração, o ensino médio tem o objetivo de preparar os jovens para a vida universitária, para as provas de vestibular, bem como para o mercado de trabalho. Além dos conteúdos pedagógicos, nessa fase os alunos são incentivados a trabalhar o autoconhecimento, a autonomia intelectual, o pensamento crítico e o empreendedorismo. 

A educação básica no Brasil

Segundo dados do censo de 2019 do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o Brasil possui 47,9 milhões de alunos na Educação Básica. 

Esse número é equivalente a 500 estádios do Maracanã lotados. Desse total, 38,7 milhões de estudantes estão matriculados na rede pública de ensino. Ainda segundo o instituto, o país conta 180 mil escolas e cerca de 2,2 milhões de docentes espalhados pelo país.

Encontrar instituições de ensino básico para os filhos pode ser uma tarefa difícil. Assim, surgiu o Melhor Escola, um buscador de colégios que conta com informações de todas as escolas cadastradas no MEC para ajudar nesse processo de busca. 

Além disso, o site possui um Programa de Bolsas de Estudos onde tem parceria com mais de 7,5 mil escolas que oferecem descontos de até 80%. Para saber como conseguir uma bolsa pelo programa do Melhor Escola é só clicar aqui