Atividades seguras na pandemia: dicas para pais e escolas

Receba dicas e conteúdos exclusivos para a educação do seu filho.

Obrigado por se cadastrar. Em breve você receberá nossos conteúdos no seu e-mail!

Ops! Algo deu errado. Por favor, confira seus dados e tente novamente.


Atividades seguras na pandemia se tornaram o foco das equipes pedagógicas nos últimos tempos com a chegada da Covid-19. 

Embora muitas escolas particulares já tenham se habituado ao ensino híbrido ao longo de 2021, esse novo cenário ainda é motivo de dúvidas para os profissionais da educação. Por mais que as instituições estejam seguindo todas as medidas sanitárias, é preciso ir além na elaboração de atividades seguras na pandemia.

Em outras palavras, não basta apenas exigir o uso de máscaras, manter o distanciamento nas salas de aulas, disponibilizar álcool em gel e aplicar exercícios online. 

Muito mais do que isso, é fundamental que as equipes escolares se reinventem e criem atividades pedagógicas seguras e diferenciadas, sem deixar de lado a integração com os alunos. Esse planejamento é a peça-chave para estimular o aprendizado e manter os estudantes motivados nas diferentes etapas do ano letivo.


Quais atividades seguras podem ser feitas pelas escolas?


A tecnologia foi uma grande aliada desde o início da pandemia, oferecendo uma gama de possibilidades para alunos e professores. Nesse sentido, ela é uma excelente alternativa para quem busca inovação na forma de ensinar. 

Por meio da internet, é possível criar jogos online, competições sobre os conteúdos abordados nas aulas, exibição de vídeos e documentários, pesquisas em bibliotecas virtuais pelo mundo e muito mais. Uma dica é unir teoria com a prática, levando o conhecimento de forma atrativa para a rotina dos alunos.

Na hora de elaborar um planejamento de atividades seguras para os alunos, é válido considerar propostas em que eles possam trabalhar de forma autônoma (sozinhos), com a família e em parceria com os colegas. 

Outra recomendação é considerar a vida particular de cada um, especialmente na definição dos horários e prazos para a conclusão das tarefas escolares.

Os professores podem, por exemplo, sugerir atividades em que os estudantes explorem o ambiente onde vivem, o quintal de casa, o relacionamento com os irmãos, a conscientização etc. Tudo isso, é claro, contando com o apoio e a supervisão dos pais. 

Algumas ideias muito praticadas entre os alunos para otimizar o aprendizado na pandemia são:

  • Pintura de telas e outras atividades artísticas

  • Quiz e jogos virtuais

  • Exibição de filmes 

  • Concursos e apresentações virtuais

  • Eventos e feira de ciências online

  • Bate-papo ao vivo sobre temas de interesse da criança ou adolescente

  • Exibição de lives com especialistas ou professores

  • Coleta seletiva de lixo em casa

  • Plantio de mudas no quintal de casa

  • Olímpiadas virtuais de matemática

  • Oficinas virtuais de leitura ou reciclagem

  • Palestras online sobre temas da atualidade


No caso de crianças na fase da educação infantil, as sugestões de atividades seguras na pandemia incluem:

  • Contação e narração de histórias

  • Construção de brinquedos com materiais recicláveis

  • Exibição de filmes

  • Exibição de peças de teatro

  • Teatro de fantoche

  • Atividades com música

  • Atividades de arte (pintura, colagem, modelagem etc)

  • Jogo de mímica e memória

  • Gincanas de cores e adivinhação

Além de incentivar o conhecimento, essas atividades listadas acima são importantes porque evitam o retrocesso do aprendizado por parte dos estudantes e ainda conseguem manter o vínculo com a escola. 

Elas também estimulam aspectos cognitivos e ajudam o convívio social entre colegas, mesmo que a distância.


Quais atividades os pais podem fazer com os filhos na pandemia?


Fora do horário escolar, os pais também podem investir em tarefas seguras para manter as crianças entretidas. Em tempos de smartphones e computadores cada vez mais modernos, é comum que os pequenos queiram passar boa parte do tempo livre 100% conectados. 

No entanto, cabe aos pais e responsáveis incentivá-las a praticar outros tipos de brincadeiras. O importante é respeitar o distanciamento social e fomentar o crescimento saudável de crianças e adolescentes. 

Algumas dicas de atividades para pais e filhos incluem:

  • Passeios ao ar livre

  • Preparar uma receita em família

  • Troca entre gerações: ensinar os filhos brincadeiras comuns do passado

  • Jogos de tabuleiro

  • Piqueniques em família

  • Momento de leitura e contação de histórias

  • Plantio de mudas no quintal


Como encontrar uma escola com atividades seguras e diferenciadas para os alunos?


Na hora de escolher uma escola para matricular o seu filho, pesquise e converse com a equipe pedagógica sobre os tipos de atividades oferecidas dentro e fora do ambiente escolar. 

Também vale a pena buscar informações sobre o currículo escolar e ouvir a opinião de outros pais. O Melhor Escola reúne uma lista com mais de 193 mil escolas, em diferentes regiões do Brasil. 

Além das principais informações sobre as unidades de ensino, o site conta com depoimentos de alunos, responsáveis e professores. As escolas parceiras também oferecem bolsas de até 80%. Basta fazer uma pesquisa na sua cidade e ver as opções disponíveis.