Entenda a importância da biblioteca escolar no desenvolvimento da criança

Criar o hábito da leitura nas crianças desde cedo é uma das melhores formas de incentivar  a curiosidade, desenvolver o raciocínio lógico e habilidades de comunicação. Ler com os pequenos em casa é uma das maneiras de formar leitores, entretanto, a escola também possui participação fundamental nesse processo. Na sequência deste post vamos falar sobre a importância da biblioteca escolar no desenvolvimento das crianças e como sua ausência pode impactar o aprendizado dos alunos.


+ Como o hábito da leitura influencia no desempenho escolar?

Importância da biblioteca escolar no aprendizado

A biblioteca escolar tem como principal função fortalecer e complementar o planejamento pedagógico das escolas, atuando como recurso essencial no processo de aprendizado dos alunos. 


Além de incentivar e valorizar a leitura através dos diferentes livros, títulos e autores, a biblioteca funciona também como espaço de estudo e pesquisa para os estudantes, sendo essencial para aqueles que não possuem tais recursos disponíveis em seus lares, como ambiente adequado, internet e computadores.


Segundo o manifesto elaborado pela Unesco em parceria com o A Federação Internacional de Associações e Instituições Bibliotecárias (IFLA), “a biblioteca escolar promove serviços de apoio à aprendizagem e livros aos membros da comunidade escolar, oferecendo-lhes a possibilidade de se tornarem pensadores críticos e efetivos usuários da informação, em todos os formatos e meios.”


Objetivo da biblioteca escolar no desenvolvimento do aluno

O documento relata também a contribuição da biblioteca no ambiente da escola. Além de fornecer suporte aos professores e conteúdos aplicados em sala de aula, a biblioteca escolar possui diversos objetivos, como: 


  • desenvolver e manter nas crianças o hábito e o prazer da leitura e da aprendizagem;

  • proporcionar experiências  destinadas à produção e uso da informação voltada ao conhecimento, à compreensão, imaginação e à diversão;  

  • apoiar a comunidade estudantil no processo de aprendizado e na prática de habilidades para avaliar e usar a informação, em suas variadas formas, suportes ou meios;

  • dar aos alunos acesso à diferentes ideias, experiências e opiniões, seja a nível local, regional, nacional ou global; 

  • desenvolver habilidades socioemocionais através da organização de atividades que incentivem a conscientização cultural e social.


Através dos pilares acima, a biblioteca escolar reforça o conceito de que a liberdade intelectual e o acesso à informação são essenciais na formação de cidadãos responsáveis e de uma sociedade democrática.


Quantidade de escolas no Brasil que possuem bibliotecas

A princípio, a biblioteca parece ser um recurso básico em qualquer escola, porém, dados do Censo Escolar de 2019 mostram que o Brasil ainda tem muito a evoluir neste quesito. Isso porque, apenas 36,5% das escolas brasileiras possuem uma biblioteca escolar. 


Das 182.386 instituições de ensino da educação básica, 115.711 (63,44%) não têm uma biblioteca em sua infraestrutura. O estado do Amazonas possui o pior percentual - 9 em cada 10 escolas não dispõe de uma biblioteca escolar. Analisando as diferentes redes de ensino, somente 31% das escolas públicas têm biblioteca, já na rede privada, este índice sobe para 56%.


Receba dicas e conteúdos exclusivos para a educação do seu filho.

Obrigado por se cadastrar. Em breve você receberá nossos conteúdos no seu e-mail!

Ops! Algo deu errado. Por favor, confira seus dados e tente novamente.


Levando em conta a importância da biblioteca no processo de alfabetização, a ausência deste recurso nas escolas pode influenciar a qualidade do desenvolvimento estudantil do aluno bem como o seu processo de aprendizado e produção de conhecimento. 




Com o intuito de mudar essa realidade, foi criado o Projeto de Lei 9484/18. O texto aprovado adia a universalização das das bibliotecas escolares no país para 2024, prazo que encerra também a vigência do Plano Nacional de Educação (PNE). Segundo o projeto, a biblioteca deve contar com o acervo mínimo de um livro para cada aluno matriculado e um bibliotecário por instituição de ensino. 


Como vimos, a biblioteca escolar é fator fundamental para proporcionar aos alunos uma experiência estudantil completa e enriquecedora. Além de auxiliar na alfabetização, a biblioteca funciona como espaço para construção de conhecimento, disponibilizando os recursos necessários para a pesquisa e o descobrimento de novas ideias, realidades, culturas e perspectivas. 


Leia também:
+ Confira 7 dicas de filmes e desenhos que abordam o racismo