Como ensinar meu filho de 7 anos a ler?

Receba dicas e conteúdos exclusivos para a educação do seu filho.

Obrigado por se cadastrar. Em breve você receberá nossos conteúdos no seu e-mail!

Ops! Algo deu errado. Por favor, confira seus dados e tente novamente.

O processo de alfabetização infantil é um dos mais importantes para o desenvolvimento escolar. Esse período deve ser acompanhado de perto por pais e professores para que a criança aprenda a ler e escrever de maneira eficaz, conquistando confiança para reconhecer o alfabeto, formar sílabas e entender as principais palavras da língua portuguesa.

Portanto, cabe sim a escola oferecer todo o suporte para ensinar os estudantes. Porém, também é necessário que pais estejam presentes e que, juntamente com os educadores, ensinem as crianças. 

Veja também:


Qual é a idade certa para a criança ser alfabetizada?

Segundo a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), publicada no ano de 2017, é recomendado que as crianças estejam alfabetizadas até o final do segundo ano do ensino fundamental, ou seja, por volta dos 7 anos de idade. 

Para garantir que os alunos tenham as habilidades de leitura e escrita nesta faixa etária, o documento orienta que as escolas invistam em ações pedagógicas focadas em quatro eixos complementares: Oralidade, Análise Linguística/Semiótica, Leitura/Escuta e Produção de Textos.

Quais atividades fazer na alfabetização?

Os professores precisam trabalhar em sala de aula com atividades que despertem a construção do conhecimento dos pequenos de forma lúdica, fortalecendo o processo de alfabetização de diversas maneiras.

Geralmente, as atividades mais usadas pelas equipes pedagógicas nesse período incluem: contar histórias infantis, ler livros com os alunos, cantar cantigas e músicas, teatrinho infantil, entre outros recursos. 

Ainda de acordo com as diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a alfabetização deve preparar a criança para:  

  • Compreender diferenças entre escrita e outras formas gráficas (outros sistemas de representação);

  • Dominar as convenções gráficas (letras maiúsculas e minúsculas, cursiva e script);

  • Conhecer o alfabeto;

  • Compreender a natureza alfabética do nosso sistema de escrita;

  • Dominar as relações entre grafemas e fonemas;

  • Saber decodificar palavras e textos escritos;

  • Saber ler, reconhecendo globalmente as palavras;

  • Ampliar a sacada do olhar para porções maiores de texto que meras palavras, desenvolvendo assim fluência e rapidez de leitura (fatiamento). 


Como ajudar meu filho no processo de alfabetização?

O Melhor Escola selecionou algumas recomendações dadas por diversos especialistas na área de educação que fazem total diferença no desenvolvimento das crianças da educação infantil. Confira as principais!


1 - Respeite o ritmo da criança:

O primeiro ponto a ser levado em conta pelos pais é que a alfabetização precisa ser um processo realizado com carinho, atenção e sem excesso de cobranças. 

Muitas vezes, a criança poderá apresentar algum tipo de dificuldade durante o aprendizado e isso deve ser visto como algo normal. Afinal, ninguém nasce sabendo. Nesse sentido, é fundamental que os responsáveis tenham paciência para agir e orientar os filhos. 

2 - Use a diversão e incentive a leitura:

Resumidamente, a melhor forma de ter bons resultados durante a alfabetização é tornando esse processo divertido para a criança. Um hábito que costuma dar certo dentro de casa é investir na leitura de livros. Os pais podem usar os momentos de folga com os filhos para ler historinhas e despertar o interesse da criança pelas palavras.

3 - Brinquedos, aplicativos e músicas são bem-vindos:

Vale, ainda, utilizar brinquedos ou aplicativos educativos que ajudem a criança a identificar sons, vogais, cores, formas, objetos e o alfabeto. Outra sugestão é pesquisar músicas que falem sobre os sons das vogais e consoantes. 

E claro, nada melhor do que usar papel e caneta para treinar o desenho das letras com as crianças. Para isso, invista em canetinhas, lousas e cadernos coloridos para tornar a atividade mais envolvente.

4 - Ensine a criança a explorar os ambientes:

Quando estiver na rua com o seu filho, mostre para ele as placas das lojas, as embalagens dos produtos, panfletos e letreiros para que ele consiga reconhecer as palavras desde pequeno.  

5 - Jogos contribuem para o aprendizado:

Alguns joguinhos infantis também podem ser usados no processo de letramento do seu filho para estimulá-lo em relação às sílabas e ao alfabeto, entre eles: caça-palavra, jogo da memória, palavras cruzadas, jogo de forca, jogo de cobrir os pontos, jogo de ligar as figuras.

Gostou dessas dicas para ajudar seu a aprender a ler?

Então, continue acompanhando o Melhor Escola para ter acesso a conteúdos de qualidade sobre educação infantil e rotina escolar. Lembre-se de compartilhar as novidades com outros pais e responsáveis!

Aproveite para navegar pelo site e fazer uma busca das instituições de ensino da sua cidade com bolsas de estudos de até 80%.