Atividades socioemocionais para escolas: como fazer?

Receba dicas e conteúdos exclusivos para a educação do seu filho.

Obrigado por se cadastrar. Em breve você receberá nossos conteúdos no seu e-mail!

Ops! Algo deu errado. Por favor, confira seus dados e tente novamente.


As atividades socioemocionais para escolas desempenham um papel fundamental na formação de crianças e adolescentes. 

Muito mais do que promover o crescimento intelectual dos alunos, as instituições de ensino também devem ter um trabalho voltado para o desenvolvimento de cidadãos responsáveis e conscientes sobre seu papel na sociedade.

Por este motivo, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), documento que reúne as principais diretrizes para a Educação Básica no país, exige que as escolas apliquem atividades socioemocionais dentro e fora das salas de aula. 


Mas afinal, o que as atividades socioemocionais ensinam?


De forma resumida, podemos dizer que educação socioemocional ajuda o aluno no entendimento e na identificação dos mais variados tipos de emoções. 

Além disso, o ensino socioemocional também contribui para o autoconhecimento, autoconfiança, autocontrole e para a tomada consciente de decisão.

Nesse sentido, as atividades socioemocionais devem ser trabalhadas desde a primeira infância por meio de dinâmicas que estimulem a socialização e o conhecimento das emoções. Também é importante que os professores elaborem metodologias afetivas para tornar o aprendizado mais significativo e valioso para os alunos menores.

A partir desse conhecimento, a criança começa a criar habilidades para compreender o mundo e lidar com seus sentimentos de forma equilibrada. Além disso, ela aprende a entender as diferenças, conquistando mais segurança para lidar com os desafios das diferentes etapas da vida.

Ao longo do tempo, o conhecimento socioemocional resulta em inúmeros benefícios para a convivência social e para inteligência emocional dos alunos, incluindo:

  • Facilidade de socialização

  • Respeito aos colegas e às diferenças

  • Gerenciamento das emoções

  • Inteligência emocional para lidar com momentos de raiva, medo ou euforia

  • Aptidão para resolver de conflitos

  • Senso de cooperação e colaboração 

  • Abertura ao diálogo

  • Flexibilidade e resiliência

  • Desenvolvimento da autonomia

  • Estímulo ao pensamento crítico

  • Desenvolvimento da cidadania

  • Conhecimento da diversidade


Quais atividades socioemocionais podem ser aplicadas na escola?


O ambiente escolar é bastante propício para a construção de relações sociais e para o estímulo das habilidades socioemocionais. Dessa forma, os educadores devem trabalhar em conjunto para elaborar atividades teóricas e práticas focadas na evolução socioemocional dos alunos. 

Os profissionais podem, por exemplo, pensar em iniciativas que promovam debates sobre questões sociais e/ou ambientais que gerem reflexões. Esses momentos são válidos porque também estimulam a comunicação e favorecem o protagonismo dos alunos

Algumas sugestões de ensino socioemocional válidas para as escolas são:

  • Organizar debates sobre bullying, preconceito e sustentabilidade

  • Incentivar trabalhos em grupos

  • Implementar projetos bilíngues para estimular a comunicação e as trocas culturais

  • Usar a literatura para desenvolver o pensamento crítico

  • Abordar temas da atualidade nas aulas

  • Implementar oficinas de criatividade em que os alunos possam desenvolver projetos

  • Promover rodas de conversas para troca de experiências e emoções

  • Estimular o trabalho voluntário e ações sociais

  • Criar campanhas de conscientização com a participação dos alunos

  • Incentivar a inovação

  • Elaborar projetos interdisciplinares entre diferentes disciplinas

  • Criar oficinas de contação de histórias, teatro ou música para que os alunos possam se expressar

Como vimos, a educação socioemocional provoca diversos benefícios ao estudante, independente da faixa etária. Muito mais do que isso, ele também contribui para um aprendizado mais eficaz e melhora a convivência dentro das escolas. 

O resultado para a sociedade são cidadãos com mais empatia e muito mais preparados para agir com princípios éticos no dia a dia.

Se você gostou deste artigo, que tal visitar a escola do seu filho para saber quais atividades socioemocionais são praticadas pelos professores? Você também pode conversar com outros pais para compartilhar ideias sobre este tema!