Menu fechado

Alimentação escolar: como definir o cardápio da sua escola?

Alimentação escolar

O papel da escola é oferecer aprendizado e ferramentas para o crescimento adequado dos alunos. Muito mais do que os conteúdos trabalhados em sala de aula, é fundamental que as instituições de ensino ofereçam espaços para o estudante se desenvolver em diferentes aspectos. Isso inclui atividades de socialização, brincadeiras e incentivo a uma vida mais saudável. Por isso, a alimentação escolar é um tema importante em ser tratado. 

+ Saiba como funciona a parceria entre escolas e o Melhor Escola

Nesse contexto, os gestores precisam pensar em projetos de alimentação saudável que atendam às necessidades nutricionais dos alunos. Ao mesmo tempo, o cardápio oferecido pela escola deve permitir que as crianças descubram novos sabores e se interessem cada vez mais por refeições saudáveis.

Como elaborar o cardápio escolar?

O lanche escolar geralmente é feito pelos alunos na hora do recreio. Essas pequenas refeições são essenciais para manter a disposição e o rendimento dos alunos durante as aulas. Em alguns casos, os próprios pais preparam o cardápio e enviam a merenda na mochila das crianças.

No entanto, existem escolas que oferecem aulas em horário integral e por isso disponibilizam um plano de alimentação mais completo para os estudantes. Dessa maneira, além do lanche nos intervalos, as crianças almoçam e jantam na instituição de ensino. 

Para garantir o crescimento saudável dos alunos e prevenir casos de obesidade infantil, é importante que o cardápio de alimentação escolar evite frituras em excesso, doces e outros preparos muito calóricos. O ideal é que as refeições tenham variedade de frutas, verduras e outros alimentos ricos em vitaminas e minerais, incluindo: feijão, ovos, peixes, carnes, legumes em geral, grão de bico etc.

Assim, as crianças chegarão em casa devidamente alimentadas e sem riscos de carências nutricionais. Dependendo da faixa etária, vale a pena fazer algumas adaptações e até mesmo fazer pesquisas com pais e alunos para elaborar novas receitas na alimentação escolar.

Outro ponto importante é pensar em combinações diferentes a cada semana para garantir que a criança não enjoe do cardápio escolar. Algumas sugestões interessantes de lanches podem incluir:

  • Ovos mexidos,
  • Suco natural de laranja, maracujá, abacaxi e etc,
  • Vitamina de frutas com aveia,
  • Bolo caseiro,
  • Salada de frutas,
  • Torradas,
  • Sanduiche natural,
  • Cookies caseiros,
  • Biscoito integral,

Cardápio escolar: quem deve fazer?

Se você é gestor escolar e quer oferecer um cardápio diferenciado aos seus alunos, a melhor opção é contar com ajuda especializada. Na hora de preparar os lanches e as refeições, vale a pena pedir orientação a um nutricionista. 

Este profissional tem conhecimento sobre as funções de cada alimento no corpo. Sendo assim, ele poderá pensar em opções práticas e saudáveis para favorecer o desenvolvimento físico e cognitivo dos estudantes.

Algumas empresas terceirizadas também oferecem esse tipo de consultoria às escolas, com serviços que incluem desde a elaboração do cardápio até a entrega das refeições. Para despertar o interesse das crianças, é importante unir opções saborosas com cores e porções adequadas.

Veja também:
+ Projeto de alimentação saudável na educação infantil

Por fim, lembre-se de envolver a família nos projetos de alimentação escolar. Para isso, vale a pena promover palestras, encontros e outras dinâmicas que incentivem a adoção de hábitos saudáveis entre crianças e adultos. Outra dica é incluir este tema nas aulas das disciplinas para promover a conscientização dos alunos no dia a dia.

Afinal, com uma alimentação equilibrada os alunos serão beneficiados com:

  • Mais disposição para estudar,
  • Combate à anemia e outros problemas de saúde,
  • Combate à obesidade,
  • Melhor controle do peso,
  • Melhora na capacidade de concentração,
  • Melhora do sistema imunológico.
Publicado em:Ambiente Escolar
Post relacionado
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *