Conheça 5 podcasts de história infantil para ouvir com as crianças

Não sabe mais o que fazer com as crianças nessa quarentena? Os podcasts podem ser a solução! Confira dicas de programas voltados especialmente para os pequenos.


Após tantos dias de isolamento social, fica cada vez mais difícil manter as crianças entretidas dentro de casa. Brincadeiras, filmes, desenhos, videogames, jogos, haja criatividade, não é mesmo? Felizmente, a tecnologia e a internet disponibilizam diversos de conteúdos que, além de serem divertidos, também ajudam no desenvolvimento educacional das crianças, que é o caso dos podcasts de história infantil.  


+ 5 brincadeiras lúdicas que ajudam no desenvolvimento infantil


Quer saber mais sobre o mundo dos podcasts e os programas ideais para as crianças? Continue lendo o post!


O que é um podcast?

O podcast é como se fosse um programa de rádio, a diferença é que ele não tem uma hora certa para ir ao ar, ou seja, pode ser ouvido quando e onde a gente quiser, gratuitamente. 

Os conteúdos de áudio podem ser encontrados em diferentes plataformas como Spotify, YouTube, iTunes e até mesmo no WhatsApp. Com duração média de 15 a 30 minutos, os temas abordados variam: os episódios podem falar sobre educação, curiosidades do mundo, música e contação de histórias.


Os melhores podcasts de história infantil

De acordo com a pesquisa realizada pelo Ibope, divulgada em maio do ano passado, quatro em cada dez internautas brasileiros já ouviram podcasts. O mercado de áudio no país cresceu muito nos últimos anos e, quando o assunto é infância, o que não falta é conteúdo interessante. Pensando nisso, preparamos uma lista com dicas de podcasts voltados especialmente para os pequenos. Confira:

E se...podcast

Um podcast criado por crianças e para crianças! Com a ajuda do seu pai Samuel Leite, Bruno (8 anos) e Luiza (5 anos) - uns dos podcasters mais novos do Brasil - criaram um programa que traz perguntas e histórias divertidas sobre o mundo imaginário da garotada, como: “E se pudéssemos voar?”, “E se dragões existissem?”. Em 2019, o podcast ficou entre os mais ouvidos na plataforma iTunes dentro da categoria “Crianças e Família.” Os mini-apresentadores são de uma fofura imensa e os temas, muito divertidos! São episódios curtos, com no máximo 15 minutos de duração, uma ótima pedida para incentivar a criatividade da garotada.


Deixa que Eu Conto

“Deixa que Eu Conto” é um podcast educativo criado pela UNICEF e apresentado por Carol Levy e Kiara Terra. Com episódios diários, o programa é repleto de atividades voltadas para as crianças em fase de alfabetização. Disponível no YouTube e até para download no WhatsApp, este é um podcast especial, que une brincadeira e educação. 


Coisa de Criança

Sabe aquela mania que as crianças têm de perguntar o porquê das coisas e acabam pegando os adultos de surpresa? Por que o céu é azul? De onde vêm as ondas? O "Coisa de Criança" responde! A primeira temporada do podcast aborda temas relacionados aos fenômenos da natureza de maneira educativa e brincalhona. Os episódios são curtinhos, apenas 5 minutos cada, o que facilita a concentração das crianças. 


Conta Pra Mim?

O “Conta pra mim” é uma ótima opção para quem ama ouvir histórias! Toda segunda-feira, Fafá e Thiago narram contos cheios de suspense, aventura, comédia e amor. Um podcast de história infantil autêntico e divertido!


Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes

O nome pode soar esquisito, mas o conteúdo é maravilhoso. Baseado no best-seller escrito por Elena Favilli e Francesca Cavallo, “Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes” é um podcast de contos de fadas sobre mulheres extraordinárias que marcaram o mundo em suas áreas de atuação: cientistas, políticas, atletas e cantoras. O objetivo aqui é inspirar milhões de garotas a sonhar grande, mirar distante e lutar com bravura. 


E aí, gostou? Aproveite essas dicas de podcasts de história infantil e divirta-se com os os seus filhos! 


Veja também:

+ Construtivismo: confira a história e os conceitos desse método de ensino

+ Entenda como fica a cobrança da mensalidade escolar durante a quarentena