Como dizer não para os filhos?

Receba dicas e conteúdos exclusivos para a educação do seu filho.

Obrigado por se cadastrar. Em breve você receberá nossos conteúdos no seu e-mail!

Ops! Algo deu errado. Por favor, confira seus dados e tente novamente.

Ao longo do crescimento das crianças, muitos pais e mães se deparam com inúmeros desafios que podem gerar dúvidas sobre a melhor forma de agir. É comum, por exemplo, os adultos terem dificuldades na hora de negar as vontades dos pequenos, principalmente em situações de birra, choro ou cara feia. Mas, de acordo com especialistas em psicologia infantil, é essencial que os responsáveis saibam dar limites para garantir um amadurecimento para as crianças. Neste artigo, vamos dar algumas recomendações sobre como dizer não aos filhos. Vale a pena conferir! Leia também:

Encontre bolsas de estudo no Ensino Básico
Em primeiro lugar, os pais devem ter em mente que, o fato de negarem algumas vontades específicas das crianças, não os faz vilões dentro de casa. Muito pelo contrário, o "não" tem bastante relevância para a educação infantil, pois ajuda a criança a entender valores como resiliência, paciência, respeito e confiança. Além disso, os pequenos crescem mais atentos à realidade e com facilidade para se relacionar com outras pessoas.  Nesse sentido, a menina ou menino que recebe “não” ao longo da sua educação aprende que nem todos os seus desejos podem ser atendidos de imediato. No decorrer da vida, a criança passa a ouvir melhor os conselhos dos pais, desenvolve melhor as habilidades socioemocionais e consegue se sentir cada vez mais protegida. 


Dicas de como dizer não para os filhos:

1 - Tenha calma e paciência na hora de dizer não

Uma recomendação essencial na hora de dizer não aos filhos é ter paciência e tomar essa atitude com bastante sabedoria, explicando claramente à criança os motivos referentes à negação. 

Esse tipo de atitude é importante para que a criança compreenda melhor a decisão do adulto e evite algum tipo de ressentimento. Além disso, dessa forma fica mais fácil para a criança respeitar as decisões familiares durante a infância e adolescência. 

2 - Evite o excesso de proibições

Outra dica é não negar todas as vontades da criança e evitar o excesso de proibições. Mesmo querendo proteger os filhos 100% do tempo, os pais precisam reforçar o diálogo dentro de casa e ouvir as vontades dos filhos em certos momentos. 

3 - Saiba ouvir as vontades da criança

Uma atitude que também gera resultados positivos é oferecer à criança outras possibilidades para ela compreender melhor alguma proibição. 

Por exemplo, se o seu filho quer comprar algum brinquedo novo e o você não tem condições no momento, vale a pena explicar que ela poderá ter o presente no próximo aniversário ou que, talvez, seja uma boa alternativa juntar o dinheiro da mesada para ajudar na compra. 

Esse método é eficaz para que a criança compreenda o tempo certo das coisas e que em alguns momentos é preciso saber esperar.

4 - Cuidado com o sentimento de culpa

Por fim, os pais devem controlar o sentimento de culpa mesmo diante de birra e manter a decisão tomada sobre o não até o fim. 

Todavia, os adultos também precisam reforçar os comportamentos adequados do filho para fortalecer a autoestima na infância, principalmente quando ele tiver um bom rendimento na escola, ajudar os colegas e auxiliar nas tarefas domésticas. 


Quando falar não para os filhos?

Agora que você já sabe como dizer não aos filhos da forma correta, é hora de ver algumas situações em que certamente será necessário tomar uma atitude relacionada ao assunto. 

  • Quando a criança faz birra sem motivo.

  • Quando a criança se envolve em situações de perigo.

  • Quando seu filho é agressivo ou demonstra mau comportamento com colegas ou irmãos. 

  • Quando seu filho desrespeita colegas, professores ou outras pessoas.

  • Quando seu filho demonstra irresponsabilidade com os deveres escolares.

  • Quando seu filho adota um comportamento prejudicial.

  • Quando tem atitudes inadequadas, como jogar lixo no chão ou pegar itens dos outros sem permissão.

  • Quando a criança fala palavrões.

  • Quando seu filho quebra brinquedos por falta de cuidado.

  • Quando a criança se nega a ter hábitos de higiene.

Dizer não aos filhos é papel dos pais e responsáveis para que as crianças possam agir melhor em sociedade. Além disso, na escola mesmo elas podem colocar esses aprendizados em prática aprendendo a dividir as coisas com seus amiguinhos. 

Leia também:

+ Veja como conseguir bolsas de estudo