Devo esperar a vacina da Covid em crianças antes de matricular meu filho?

Receba dicas e conteúdos exclusivos para a educação do seu filho.

Obrigado por se cadastrar. Em breve você receberá nossos conteúdos no seu e-mail!

Ops! Algo deu errado. Por favor, confira seus dados e tente novamente.

Foi autorizada recentemente a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19. Segundo o Ministério da Saúde, a previsão para que elas comecem a ser imunizadas é ainda neste mês de janeiro. Com isso, muitos pais e responsáveis estão com dúvida se é preciso esperar a vacina da covid em crianças antes de matricular os seus filhos.


O site G1 entrevistou especialistas que dizem que não é necessário esperar a vacina para enviar as crianças para a escola. O pediatra e infectologista, Marcelo Otsuka, alega que se na família não há casos de problemas respiratórios e se a criança não tiver câncer nem possuir alguma doença imunossupressora, não é preciso esperar a vacina da covid em crianças para que elas voltam à aula. Ele diz ainda que:


"As crianças precisam ir para a escola. Elas estão sendo extremamente prejudicadas por não irem. Grande parte delas não têm acesso adequado à internet ou sequer têm acesso à internet".


Veja como conseguir bolsas de estudo de até 80% para o seu filho


Além disso, sabe-se hoje em dia que as crianças fora da escola geram muito mais prejuízos. Visto que o número de agressões infantil aumentou muito durante a pandemia, sem contar no fato de que é na escola onde que muitas crianças fazem a sua refeição principal. 


Para Ana Escobar, pediatra e professora da Faculdade de Medicina da USP, diz que, muitas vezes, as escolas podem ser muito mais seguras do que a própria casa das crianças. Porém, é muito importante sempre averiguar se as escolas estão tomando todas as medidas necessárias contra a covid-19. 


Portanto, podemos ver que, segundo tais especialistas, é recomendado que as crianças continuem indo a escola para que os dados na educação sejam recuperados. Assim, os pais devem ficar tranquilos pois não precisam esperar a vacina da covid em crianças para que eles voltem às aulas.

Como será a vacinação da covid-19 para crianças?

De acordo com o Ministério da Saúde, os primeiros lotes das vacinas irão chegar ao Brasil no dia 13 de Janeiro. Sendo assim, se você estava se perguntando quando vão aplicar a vacina contra a covid-19 nas crianças, a previsão é de que nos dias 14 e 15 de janeiro já se comece a aplicar as doses da vacina. 


A vacinação infantil irá ocorrer de acordo com as seguintes normas:

  • Em ordem decrescente de idade, ou sejam das crianças mais velhas para as mais novas. 

  • Terão prioridade para crianças com comorbidade ou deficiência permanente e também para crianças quilombolas e indígenas;

  • Não será necessário ter uma autorização por escrito, desde que pais ou responsáveis vão com as crianças no dia da vacinação;

  • O intervalo entre as doses será maior do que o previsto em bula, passando de três semanas para oito semanas.


Tem-se a previsão de que 3,75 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 sejam disponibilizadas em janeiro para as crianças entre 5 a 11 anos.

A importância da vacinação infantil

A vacinação de crianças contra a covid-19 é muito importante para ajudar a diminuir as formas graves e óbitos gerados pela da doença. Segundo estudo feito pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), apesar das crianças adoecerem menos por causa da Covid-19, elas transmitem o vírus na comunidade escolar e também fora dela. 


Além disso, o número de mortalidade infantil pela covid-19 está aumentando consideravelmente. Desde o primeiro caso da doença no país, até o dia 6 de dezembro de 2021, foram 2.625 mortes de pessoas entre zero e 19 anos. Isso dá uma média de 4 mortes por dia. Com isso, podemos notar que é muito importante a vacina de covid para crianças pois pode ajudar a reduzir a propagação do vírus e suas demais variações.


Veja também: Covid-19: como manter a saúde mental das crianças durante a quarentena