Galinhas combatem escorpiões e conquistam alunos em escola de Piraju

Galinhas combatem escorpiões e conquistam alunos em escola de Piraju



As galinhas Filomena, Fabilina e Florinda foram doadas para a Escola Municipal Gilberto Bonafé, em Piraju, no interior de São Paulo. As aves, que são predadoras naturais de animais peçonhentos, conquistaram o coração dos alunos.


A cidade de Piraju já havia reportado 19 incidentes com escorpiões em seu território quando pais de alunos da escola municipal tiveram a ideia de doar as galinhas para a instituição de ensino. Um escorpião já havia sido encontrado no local, mas, felizmente, o animal não atacou.


A bióloga Natalia Latansio de Oliveira afirmou em entrevista ao G1 que as galinhas realmente podem combater os escorpiões. “A galinha é um dos predadores. Ela come insetos e pequenos artrópodes. Então aranha, escorpião, faz um trabalho eficaz se você mantém ela na casa para evitar a proliferação desses animais”, conta ela.


O que não se esperava é que os alunos fossem se apegar às galinhas. “Eu acho muito legal porque a gente tem com quem brincar. Pode trocar a água delas, colocar comidinha. E elas também comem os escorpiões.” contou a aluna Jade Ferreira, de 10 anos.


A escola construiu um espaço exclusivo para as galinhas, que ainda podem circular por todo o quintal da unidade. Segundo o G1, o professor de Artes Alberto Rodrigues afirma que as crianças são orientadas a não pegar as aves.


O professor ainda afirma que as galinhas são usadas em projetos pedagógicos cujo os temas abordam a cultura caipira.


Segundo a lei municipal de Piraju, é autorizada a criação de no máximo 20 galinhas em área urbana. Além disso, a lei de 2007 também exige que os animais fiquem em local apropriado e que o ambiente tenha boa higienização.


Informações: G1