Criança que recebe carinho torna-se um adulto mais feliz

Criança que recebe carinho torna-se um adulto mais feliz


Isso é o que comprovou um estudo feito pela Universidade de Notre Dame, nos Estados Unidos. E mais: o excesso de carinho e de afeto nos primeiros meses de vida é de extrema importância para a formação do adulto. "Os seres humanos são criados com todo cuidado durante a infância porque combina com a maturação natural da criança. Essa evolução foi formada há 30 milhões de anos", informa a professora de psicologia DarciaNarvaez, que coordenou essa pesquisa.

Para chegar a este resultado, Narvaez e sua equipe elaboraram uma série de perguntas sobre a infância dos adultos como "Quanto de carinho você recebeu?", "Brincava livremente dentro e fora de casa?", "Fazia atividades em família?", "Sentia-se apoiado?".

"Sem esse afeto durante a infância, o adulto se torna mais reativo ao estresse. É difícil ser compassivo quando você está focado em si mesmo. Podemos notar adultos que não passaram por este processo em situações críticas do cotidiano", finaliza Narvaez

 

FONTE:

Artigo desenvolvido pelo projeto Na Mochila, que em parceria com as escolas oferece uma revista por bimestre aos pais de alunos do ensino Infantil e Fundamental I.

 




 Publicidade: