Como funcionam as escolas montessorianas

Como funcionam as escolas montessorianas


O método Montessori tem por princípio provocar a liberdade da natureza do indivíduo e observar e compreender por meio de seu comportamento para desenvolver a educação com base na evolução da criança.


São chamadas de Escolas Montessori as instituições de ensino que adotam a metodologia da psiquiatra e educadora Maria Montessori.


Como surgiu


Maria Montessori (1870 - 1952) foi uma das primeiras mulheres a se tornar médica na Itália, desenvolveu o método montessori inicialmente para alunos portadores de distúrbios de comportamento e aprendizagem. Posteriormente, a metodologia foi aplicada para as demais crianças.


A psiquiatra acreditava que o desenvolvimento das crianças que possuíam algum tipo de transtorno era atrasado pela ausência de estímulos no ambiente em que as aulas eram realizadas, e, por isso, desenvolveu a metodologia que causou grande evolução na época.


Princípios 


A metodologia montessori é holista, ou seja, busca compreender os fenômenos na sua totalidade e globalidade. Além disso, possui o objetivo desenvolver o amadurecimento social, intelectual e emocional dos alunos.


O método montessori tem como base 6 pilares, sendo eles:


1- Autoeducação: 

O aluno deve aprender sozinho, sem grande interferência de adultos. Isso parte do princípio de que há confiança nas crianças para que elas aprendam por conta própria e os professores devem respeitar esse processo.


2- Educação cósmica:

Esse passo faz parte da ideia de que tudo está interligado, e áreas separadas se tornam abstratas, por isso, todo o conteúdo possui um vínculo. Esse pensamento busca despertar nos alunos o interesse pelo mundo e universo.


3- Educação como ciência: 

A análise e compreensão do comportamento das crianças. Esse tópico busca trazer o foco para o estudante, pois é por meio dele que todo o processo educacional é baseado. Por isso, enquanto os alunos “brincam”, o adulto observa e analisa os atos do estudante.


4- Ambiente preparado:

O ambiente é propício para que as crianças tenham liberdade e autonomia. Além de objetos na altura do alcance das crianças, o espaço de aula é minimalista, contendo apenas o necessário para o desenvolvimento das atividades. 


5- Adulto preparado:

O papel do adulto é de observar os alunos e intervir somente quando necessário. A maior regra deste passo é nunca fazer pela criança aquilo que ela pode fazer sozinha. O adulto preparado é aquele que ao observar o estudante, enxerga por meio dos seus atos as possibilidades de fazer com que ela aprenda.


6- Criança equilibrada:

Uma criança concentrada é uma criança em equilíbrio. É importante que não haja a interrupção de um adulto neste momento. Além da concentração, esse tópico também envolve o bem-estar do aluno. O equilíbrio é a base de todo o pensamento montessoriano e a partir dele o processo educacional é desenvolvido.


Existem mais de 30 escolas montessorianas em todo o Brasil. Para encontrar a escola mais perto de você no site Melhor Escola, basta digitar a sua cidade no campo de busca e a palavra “montessoriana” no campo “escola” (provisório, vou escrever um artigo listando as escolas montessorianas).


Veja também: Cinco Metodologias de Ensino Mais Utilizadas no Brasil